POR QUE FORAM CRIADOS O BANCO MUNDIAL E O FMI?

POR QUE FORAM CRIADOS O BANCO MUNDIAL E O FMI?
Internacional Ramos do direitoDeixe um comentário on POR QUE FORAM CRIADOS O BANCO MUNDIAL E O FMI?

POR QUE FORAM CRIADOS O BANCO MUNDIAL E O FMI?

Certamente, o período pós Guerra é um marco importante na história mundial, mas afinal por que foram criados o Banco Mundial e o FMI? As guerras haviam mudado a ordem mundial e trazido inúmeras consequências sociais.
Nesse período, muitos países estavam destruídos fisicamente, mas também, desestruturados economicamente. Por isso era preciso reorganizar e criar uma nova ordem mundial.
Com esse intuito alguns países se reuniram e criaram novas estruturas multilaterais.

Contextualização

Seguindo a reestruturação do período pós guerra, em 1944 aconteceu uma importante Conferência, em que se reuniram os 44 países representantes dos Aliados, incluindo o Brasil. A reunião foi realizada na cidade de Bretton Woods, no estado de New Hampshire, nos Estados Unidos, para a Conferência Monetária e Financeira das Nações Unidas.
Aliás, concomitamente a ONU estava sendo criada, também por meio da união multilateral de nações que tinham interesses em comum e buscavam a reestruturação global.

Resultados da Conferência de Bretton Woods

Assim, o objetivo central da Conferência de Bretton Woods era reorganizar o capitalismo mundial e criar novas regras sobre a política econômica internacional. Para atingir tais objetivos era preciso manter a estabilidade monetária dos países.
Dessa maneira, foi assinado um acordo em que os países deveriam manter a taxa de câmbio de sua moeda local atreladas ao dólar. Enquanto isso, a moeda americana estaria ligada ao valor do ouro.
Como resultado da Conferência de Bretton Woods foram criados o FMI – Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial.

Por que foram criados o Banco Mundial e o FMI?

O Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento foi criado para financiar a reconstrução da Europa destruída pelas Guerras. Após atingido o seu objetivo, com a recupereção dos países Europeus, inclusive, tendo a maior parte deles se tornado potências econômicas mundiais o Banco Mundial passou a ter outros objetivos.
Atulamente, seu objetivo é a eliminação da pobreza e a promoção à prosperidade. Para realizá-los são realizados empréstimos financeiros buscando o desenvolvimento de uma sociedade sustentável.

Estrutura do Banco Mundial

No entanto, para manter objetivos tão grandiosos é necessário ter uma estrutura com a mesma proporção. Então, tem-se: – o BIRD, Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (que realiza empréstimos a países com renda per capita anual entre US$1500 a US$5000); – AID Associação Internacional de Desenvolvimento (empréstimos para países com renda per capital anual até US$800); – CFI, Cooperação Financeira Internacional (projetos para o setor privado); – MIGA, Organismo Multilateral de Garantia de Investimentos estrangeiros em países subdesenvolvidos); – CIAD, Centro Internacional para Arbitragem de Disputas sobre Investimentos.

Dados Atuais sobre o Banco Mundial

Hoje há 189 países membros do Banco Mundial. A sua sede é em Washington DC nos Estados Unidos. Já foram realizados empréstimos no montante de 45,9 bilhões de dólares.
Além disso, para estabelecer o poder de voto na instituição é preciso analisar a participação de cada membro como garante do capital do Banco em caso de inadimplência. Vinte e cindo dos seus diretores são eleitos para um mandato de dois anos formando um Conselho deliberativo.
Cada membro participa com o capital. O empréstimos devem estar relacionados ao desenvolvimento do país e possuem juros mais baixos que os de mercado com amortização com prazos chegando até 15 anos.

Leia também: INTEGRAÇÃO ENTRE ESTADOS: INTRODUÇÃO A UNASUL E AO MERCOSUL.

Por que foram criados o Banco Mundial e o FMI?

Enquanto isso, a outra grande estrutura criada na Conferência de Bretton Woods foi o Fundo Monetário Internacional. Segundo as informações da própria página da ONU o FMI foi criado com o intuito de:

O FMI trabalha para promover a cooperação monetária global, garantir a estabilidade financeira, facilitar o comércio internacional, promover o alto nível de emprego e o crescimento econômico sustentável e reduzir a pobreza em todo o mundo.”

https://nacoesunidas.org/agencia/fmi/

Assim, para realizar a tarefa atua de três maneiras: – Monitorando o sistema monetário internacional, dos seus membros inclusive aconselhando sobre políticas econômicas; – realizando empréstimos aos membros, para reconstruir suas reservas internacionais, estabilizar a moeda, mas, diferentemente do Banco Mundial não faz financiamentos para projetos específicos; – Capacitando por meio de assistência técnica e treinamentos.

Estrutura do FMI

A tomada de decisões no FMI é diferenciada. Enquanto em outros organismos internacionais um país equivale a um voto, no FMI o poder de voto é determinado pela proporção de quotas que possui.
Quanto à estrutura, a Assembleia de Governadores toma as decisões e elege o Conselho de Diretores, totalizando 24 membros.
O representante brasileiro é o Ministro da Fazenda. A sede do FMI também está localizada em Washington DC, nos Estados Unidos. Os empréstimos podem ser concedidos em alguns casos sem taxas de juros, dependendo do programa e com prazos variáveis de pagamento.

Por que foram criados o Banco Mundial e o FMI – Breves Conclusões

Ainda que haja grande discussão a respeito dos meios para se atingir as finalidades das instituições criadas pelo Acordo de Bretton Woods, inegavelmente torna-se importante entedê-las. Tanto o Banco Mundial quanto o FMI estão presentes na maior parte dos países, inclusive no Brasil.
Claro que, a nova ordem mundial criada no período pós guerra já superou seus objetivos iniciais e se adequa aos novos anseios globais. Entretanto, é louvável observar o crescimento das instituições internacionais iniciado nesse período e que, hoje, faz parte do sistema vigente.

Olá! Para quem ainda não me conhece, eu sou a Raquel. Sou formada em direito e, desde pequena, vivo me mudando. Primeiro, pelo trabalho do meu pai. Nasci numa cidade diferente de toda a minha família. Depois me mudei para São Paulo, onde estudei, me formei em Direito, advoguei, terminei meu mestrado e também me casei. Juntos eu eu o meu marido embarcamos numa grande aventura. Tivemos nossos três filhos e nos mudamos de cidade e país algumas vezes. Lecionando descobri que o Direito fica muito mais interessante quando é compartilhado com pessoas interessadas. Assim, criei esse novo projeto para seguir estudando, pesquisando, compartilhando ideias e leis com vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o topo
Translate »