COMO SERÁ A ÁFRICA DO FUTURO: INTEGRAÇÃO E A UNIÃO AFRICANA

Como será a África do Futuro: União Africana e Integração
Internacional Legislação para viajantes2 comentários em COMO SERÁ A ÁFRICA DO FUTURO: INTEGRAÇÃO E A UNIÃO AFRICANA

COMO SERÁ A ÁFRICA DO FUTURO: INTEGRAÇÃO E A UNIÃO AFRICANA

Sem sombra de dúvidas o continente africano ficou marcado por acontecimentos de grandes sofrimentos. Historicamente, durante a colonização de exploração, em seguida pela escravidão e, finalmente, pela prática do apartheid. Mas como será a África do futuro: integração e a União Africana?
Há muito mais para se falar sobre a África e seus 55 países que apesar da grande diversidade entre eles se uniram com o intuito de integração e desenvolvimento.

Problemas a serem superados

Não obstante os fatos já terem sido ultrapassados as consequências deixaram marcas. Claro que no continente africano, ainda há problemas como guerras civis, bem como a necessidade de democratização de muitos Estados.
Aparentemente, parece ser apenas um viés negativo, mas na verdade não é bem assim.
Por isso, nesse texto apresento outro panorama, uma reorganização do Continente baseada em uma estrutura moderna. A União Africana tem o intuito de levar a África para um novo cenário e acompanhar mudanças importantes que vem acontecendo no mundo. A sua sede fica localizada na Etiópia e segue padrões de organização como da União Europeia.

União Africana e os precedentes históricos

Assim, a União Africana é um ambicioso projeto integracionista que está resguardado sobre os auspícios dos Direitos Humanos.
Criada em 2002 veio suceder a Organização para a Unidade Africana e o Pan africanismo. Aliás, seus antecessores tinham como meta principal eliminar os resquicios do colonialismo e do apartheid.
Nesse sentido, a União Africana tem objetivos mais amplos, conforme a própria página de apresentação demonstra:

An Integrated, Prosperous and Peaceful Africa, driven by its own citizens and representing a dynamic force in the global arena.”

https://au.int/en/overview

O Ato Constitutivo da União Africana é do ano de 2000.

Como será a África do Futuro: União Africana e Integração – objetivos

Utilizando-se do lema central a “África que queremos” o processo inegraciosnista é o resultado da união de todos os países do continente. Dessa forma, tenta-se coibir quaisquer separações fazendo da União Africana uma organização abrangente.
Aliás, para a organização das metas e planos de atuação do grupo, em 2015 foi criada uma agenda para os 50 anos seguintes. É a chamada Agenda 2063.
Alguns dos principais objetvos são da Agenda 2063 são: eliminar quaisquer resquícios do período de colonização e apartheid; ampliar a zona de livre comércio para um Mercado Comum; cessar fogo e guerras civis no continente; priorizar a democracia; assegurar os direitos humanos em especial a igualdade de gênero, proteção à criança e á cultura.

Agenda 2063

O programa criado para os próximos anos é embasado numa sistemática a ser seguida. Tem o intuito de guiar o futuros das nações envolvidas. Os objetivos tem um ponto central que é trazer o desenvolvimento econômico para a região.
Além disso, as metas são claras e subdvididas para que o seu cumprimento possa ser efetivo. O ponto principal está na economia. Ela deve ser o ponto de apoio para sustentar as presentes e futuras gerações.
Claro que há um longo caminho a ser percorrido, mas já é possível enxergar onde se deseja chegar. Por exemplo, para o desenvolvimento econômico é necessária a organização de uma estrutura de educação. Como consequência da educação busca-se a erradicação da pobreza e o do aprimoramento de empregos.
Veja aqui mais informações sobre a Agenda 2063.

Breves Conclusões

Sair do foco e do eixo central do nosso globo ainda é uma tarefa difícil. No entanto, basta refletir um pouco e observar a necessidade de não polarização.
Fazer com que todos os países estejam inseridos no cenário internacional de desenvolvimento é uma tarefa árdua mas importante.
Por fim, a África do Futuro é um projeto muito interessante que caminha para a tendência mundial de desenvolvimento global.
Com os melhores desejos de desenvolvimento e de que a prática possa ser fiel ao plano. Há grande chances de sucesso.

Leia também:
SISTEMA DE PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS: COMO SÃO ESTRUTURADOS;
VOCÊ SABIA QUE A CRUZ VERMELHA EXISTE DESDE 1863?
CANAL DO PANAMÁ: HISTÓRIA DOS TRATADOS INTERNACIONAIS FIRMADOS;

Olá! Para quem ainda não me conhece, eu sou a Raquel. Sou formada em direito e, desde pequena, vivo me mudando. Primeiro, pelo trabalho do meu pai. Nasci numa cidade diferente de toda a minha família. Depois me mudei para São Paulo, onde estudei, me formei em Direito, advoguei, terminei meu mestrado e também me casei. Juntos eu eu o meu marido embarcamos numa grande aventura. Tivemos nossos três filhos e nos mudamos de cidade e país algumas vezes. Lecionando descobri que o Direito fica muito mais interessante quando é compartilhado com pessoas interessadas. Assim, criei esse novo projeto para seguir estudando, pesquisando, compartilhando ideias e leis com vocês!

2 thoughts on “COMO SERÁ A ÁFRICA DO FUTURO: INTEGRAÇÃO E A UNIÃO AFRICANA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Translate »